Programas

Zuckerberg perde mais de 5 mil milhões de euros devido a apagão no Facebook

Na segunda-feira, foi impossível utilizar algumas das redes sociais mais usadas do mundo durante quase 7 horas. 

Na segunda-feira, foi impossível utilizar durante quase 7 horas algumas das redes sociais mais usadas do mundo. O apagão causou, por exemplo, uma queda de 5% por cento nas ações do Facebook, o que significou um prejuízo de mais de 5 mil milhões de euros a Mark Zuckerberg, patrão da empresa norte-americana.

Facebook, Instagram e Whatsapp não funcionaram durante o final de tarde e início de noite desta segunda-feira. Um apagão inesperado que durou quase 7 horas.

Luís António Santos, investigador da Universidade do Minho, explica à SIC o impacto deste apagão.

O Facebook por causa deste incidente viu as ações caírem 5% na bolsa americana e isso fez o fundador, Mark Zuckerberg, perder num só dia mais de 5 mil milhões de euros.

O gigante tecnológico norte-americano tem visto a cotação nos mercados cair nos últimos tempos.

No domingo, uma ex-funcionária acusou a empresa de mais de mentir em relação ao controlo dos conteúdos de ódio, violência e desinformação e, por causa disso, houve quem pensasse que este apagão de segunda-feira pudesse estar relacionado com esse escândalo.

Veja mais: