Futuro Hoje

Um cartão de visita infinito

Loading...

Cartões de visita actualizáveis e que podem custar de 20 a 350 euros. Veja aqui na íntegra o Futuro Hoje, com Lourenço Medeiros.

Com a digitalização tornou-se muito mais fácil guardar contactos, encontrar contactos e até partilhar contactos. Perdeu-se muito a cordialidade do gesto de troca de cartões de visita. Por isso, surgiram os cartões de visita digitais ou “smart business cards”.

Encosta-se o cartão a um telemóvel com NFC e o dono do telefone pode guardar os nossos contactos imediatamente. De facto, a informação não está no cartão, este tem uma identificação única que dá acesso aos dados que decidimos partilhar.

Esta base de dados pode conter vários cartões diferentes, por exemplo, um com informação mais profissional e outro mais pessoal, mas podem ser tantos quantos quisermos.

Se mudamos de telefone ou de morada não só podemos alterar como quem guardou anteriormente os nossos contactos também pode actualizar. Em vez de dezenas de pequenos papelinhos temos apenas que transportar um de plástico ou de metal.

As vantagens são muitas e a aposta é nas grandes empresas que fazem cartões digitais para os seus funcionários se apresentarem. E como com os velhos cartões de visita que sempre foram objeto de alguma vaidade é possível escolher não apenas a imagem como os materiais de que são feitos. Este é provavelmente o gadget mais simples que alguma vez mostrámos no Futuro Hoje, com Lourenço Medeiros.