Cultura

Cantor R. Kelly acusado de mais 11 crimes de abuso sexual

POOL New

Novas acusações graves de abusos sexuais podem valer ao músico norte americano 30 anos de cadeia. Já este ano o músico foi libertado sob fiança de cem mil dólares, cerca de 88 mil euros.

POOL New

Segundo o Chicago Tribune citado pela BBC, o músico norte-americano enfrenta acusações mais 11 ofensas sexuais, ainda mais graves do que nos primeiros processos.

Em causa estão 4 crimes de agressão sexual agravada, 2 por agressão sexual e 5 por abuso sexual agravado e estão relacionados com uma menor que terá sido agredida e abusada pelo cantor entre os 13 e 16 anos.

No início deste ano, o artista foi formalmente acusado de dez crimes de abusos sexuais agravados, envolvendo quatro mulheres, incluindo três que eram menores à data, em que a acusação alega que os abusos terão ocorrido pelo menos desde 1998.

Músico premiado com três Grammy, R. Kelly começou a carreira na década de 1990 com o álbum a solo "12 Play" e escreveu temas para artistas como Lady Gaga, Celine Dion e Michael Jackson. "I believe I can fly" é um dos seus temas de sucesso.