Cultura

"Quem privou com a Maria João teve a sorte de conhecer o ser humano maravilhoso que ela era"

Atriz Dânia Neto relembra colega Maria João Abreu.

A atriz Dânia Neto diz que este é um dia triste e que Maria João Abreu deixa "uma dor imensa em todos nós".

"Quem privou com a Maria João teve a sorte de conhecer o ser humano maravilhoso que ela era", disse, emocionada, em direto ao telefone na SIC Notícias.

Colega de Maria João Abreu em "A Serra", recorda-a como uma "atriz brilhante", com uma "capacidade afetiva, de amizade". Dânia Neto refere também que Maria João estava "sempre disponível" para ajudar e "dava-se de corpo e alma".

A atriz Maria João Abreu morreu esta quinta-feira, aos 57 anos, na sequência de um aneurisma.

Estava internada no Hospital Garcia de Orta, em Almada, depois de ter sofrido um aneurisma cerebral, na passada semana, durante as gravações da novela "A Serra". Foi submetida a intervenções cirúrgicas e ficou em coma induzido.

Veja também: