Cultura

Jovem que atacou o escritor Salman Rushdie declara-se inocente

Jovem que atacou o escritor Salman Rushdie declara-se inocente
ANGELA WEISS/Getty Imagens
Hadi Matar esfaqueou o autor britânico três vezes no pescoço, quatro vezes no abdómen e várias vezes junto ao olho direito, no peito e na coxa.

O homem de origem libanesa acusado de esfaquear Salman Rushdie na passada sexta-feira declarou-se inocente das acusações de tentativa de homicídio e agressão pelas quais responde em tribunal.

Hadi Matar, de 24 anos, foi detido logo após o ataque e não teve direito a fiança. Se for condenado pode enfrentar uma pena de prisão até 32 anos de cadeia.

O escritor britânico continua a recuperar dos ferimentos graves que sofreu depois de ter sido esfaqueado várias vezes.

De acordo com as últimas informações, Salman Rushdie continua internado e a caminho da recuperação, embora o seu estado de saúde continue a ser considerado grave.

O procurador de Nova Iorque diz que Hadi Matar tem colaborado com as autoridades. Até ao momento, sabe-se apenas que comprou o bilhete para o evento dois dias antes. Chegou ao local na véspera, tendo viajado de autocarro desde Nova Jérsia, e que usou uma identificação falsa.

A organização está também a ser questionada sobre a razão para ter recusado medidas de segurança mais apertadas – como por exemplo detetores de metais ou revistas à entrada –, sobretudo tendo Salman Rushdie como principal convidado.

Últimas Notícias
Mais Vistos