Cultura

Coldplay, o regresso: "Nunca houve tanta procura para um evento em Portugal"

Coldplay, o regresso: "Nunca houve tanta procura para um evento em Portugal"
Euan Cherry/Getty Imagens
Quem o diz é a presidente executiva da plataforma Ticketline, onde estão disponíveis bilhetes para os quatro concertos da banda britânica em maio do próximo ano.

"É inédito em Portugal, nunca houve tanta procura para um evento em Portugal!", escreveu Ana Ribeiro, numa curta mensagem enviada à Lusa, depois de questionada sobre se havia registo de procura semelhante em casos anteriores.

Antes das 10:00 desta quinta-feira, momento em que foram postos à venda os bilhetes para o concerto de 17 de maio de 2023 de Coldplay no Estádio Cidade de Coimbra, já havia filas 'online' e em lojas físicas.

Depois das 12:00, na Ticketline, havia uma indicação acima de 450 mil senhas para comprar um bilhete especificamente para os concertos dos britânicos.

A plataforma de bilheteira da FNAC estava indisponível, depois de várias tentativas de acesso pela Lusa, e a See Tickets, para onde encaminha o 'site' da promotora Everything is New, dava uma resposta de tráfego "muito intenso", colocando os utilizadores também em fila de espera.

Depois de anunciarem uma primeira data em 17 de maio, já foram entretanto revelados mais dois concertos, nos dias 18 e 20 de maio de 2023, também no Estádio Cidade de Coimbra.

Criados em janeiro de 1998, em Londres, os Coldplay assinaram o primeiro contrato discográfico um ano depois, quando já estavam a abrir para bandas como Catatonia e a passar na Radio 1 da BBC.

A banda lançou o primeiro disco, intitulado "Parachutes", em 2000, ano em que fizeram a primeira digressão em nome próprio, apenas no Reino Unido, onde esgotaram a totalidade das datas.

Desde então, já lançaram mais oito discos de estúdio e passaram múltiplas vezes por Portugal, desde o festival Paredes de Coura em 2000 até 2012, no Estádio do Dragão, no Porto.

Últimas Notícias
Mais Vistos