Cultura

"Harry e Meghan": a nova série apontada como "uma declaração de guerra" à coroa britânica

"Harry e Meghan": a nova série apontada como "uma declaração de guerra" à coroa britânica
Matt Dunham

Deverá estar disponível na Netflix ainda em dezembro.

Harry e Meghan voltam a dar que falar desta vez por serem protagonistas do documentário que estreará na Netflix, ao que tudo indica, ainda em dezembro. A produção retrata a vida de ambos e serve para mostrar “o que ninguém vê que acontece atrás de portas fechadas”.

O trailer oficial da nova série que envolve os controversos elementos da família real britânica já foi divulgado para provável desagrado do Rei Carlos III e restantes familiares.

“Harry e Meghan” deverá estrear a oito de dezembro, embora a Netflix ainda não tenha anunciado oficialmente a data, e promete trazer a público novas revelações que poderão deixar em sobressalto a ainda enlutada família real britânica.

No teaser oficial ouve-se, através da voz de Harry, a seguinte frase: "ninguém vê o que se passa atrás de portas fechadas”, deixando no ar que o principal intuito desta série documental é justamente revelar ao público os motivos que levaram o casal a distanciar-se dos seus afazeres reais e a mudar-se para os Estados Unidos da América.

Mais adiante, no pequeno excerto de pouco mais de um minuto, é possível ver e ouvir Meghan Markle a afirmar que “quando o que está em jogo é tão significativo, não faz mais sentido ouvir a nossa história contada por nós?”, reforçando assim a mensagem do marido.

A estas palavras juntam-se várias imagens nunca antes vistas dos duques de Sussex. Desde Meghan a chorar, ao casal em compromissos reais, a capturas fotográficas de cariz mais íntimo. Todas as fotografias que pintam o teaser desta nova produção reforçam a ideia de que a relação do casal com a restante família não atravessa, de todo, um período risonho.

Segundo fontes próximas do Palácio de Buckinham, citadas pelo jornal britânico Daily Mail, esta série documental é vista como “uma declaração de guerra” do duque e da duquesa.

O documentário terá seis episódios e será lançado na plataforma de streaming em duas ocasiões, com três episódios a irem para o ar de cada vez.

A realização de “Harry e Meghan” ficou a cargo de Liz Garbus, realizadora que já esteve nomeada para os Óscares por duas ocasiões, em 1998 e 2015.

A polémica estalou em 2021

Em 2021 o casal já tinha sido progonista de um momento polémico ao dar uma entrevista à aclamada apresentadora norte-americana Oprah Winfrey, onde teceram duras críticas à coroa britânica, tendo Meghan chegado mesmo a acusar a família real de racismo.

Tais declarações foram prontamente negadas e desmentidas pelos representantes da monarquia britânica.

Últimas Notícias
Mais Vistos