Desporto

Presidente do Atlético de Madrid diz que João Félix vale 126 milhões de euros

David Fernandez

Na quarta-feira, o clube espanhol anunciou a chegada de João Félix.

O presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, considerou hoje que o futebolista internacional português João Félix vale os 126 milhões de euros que o clube pagou ao Benfica, numa das transferências mais caras de sempre.

"Cada um compra aquilo que quer e veremos se realmente vale isso"

"Cada um compra aquilo que quer e veremos se realmente vale isso. Eu penso que sim, que vale. É uma contratação muito boa, magnífica. É um jogador desejado por muitas equipas da Europa, equipas importantes", disse o presidente dos 'colchoneros'.

O dirigente foi ainda questionado em relação à capacidade de João Félix para ter um desempenho ao nível do internacional campeão do mundo francês Antoine Griezmann, respondendo com ironia: "Não sou adivinho. Se vocês consideram que não tem condições, digam, que tomaremos medidas", disse.

Cerezo não quis comentar a possível ida de Griezmann para o FC Barcelona, mas não evitou dizer que "todos os caminham apontam" nesse sentido e falou de um eventual pré-contrato assinado em março pelo jogador.

"A verdade é que não sei, mas se o dizem, que assinou, terá às suas consequências. Não me parece normal, mas não sei se assinou e não sei se vai para o Barcelona ou não. Vamos esperar uns dias e imagino que o saberemos", acrescentou.

O presidente 'colchonero' disse ainda que Morata deverá continuar no clube e em relação a um possível interesse no lateral português Nelson Semedo, do FC Barcelona, respondeu que ao Atlético "interessam todos os grandes jogadores".

"Estamos interessados em fazer uma grande equipa. Tivemos algumas saídas este ano e creio que é o momento de chegarem futebolistas de grande qualidade. Creio que faremos uma época magnífica", acrescentou.

Na quarta-feira, o Atlético de Madrid anunciou a chegada de João Félix, a contratação mais cara de sempre do clube, que vai receber também os ex-portistas Felipe e Hector Herrera.

Lusa

  • O Super Bock Super Rock também se canta em português
    2:38