Desporto

"Dupla vitória de Marega": o golo e o repúdio aos insultos racistas

Primeiro-ministro salienta que atos racistas são um crime contra a dignidade humana e manifesta solidariedade com o jogador do FC Porto.

À entrada para a reunião com os parceiros sociais para preparar o Conselho Europeu, esta manhã, António Costa reafirmou o que já tinha publicado no Twitter sobre o espisódio de racismo de que Marega foi vítima.

Também o Presidente da República, de visita à Índia, condenou os insultos lembrando que a Constituição da República é muito clara na condenação do racismo, xenofobia e discriminação.

No domingo, o jogador do FC Porto Marega pediu para ser substituído ao minuto 71 da partida com o Guimarães, por ter ouvido cânticos e gritos racistas de adeptos da formação vimaranense, numa altura em que os dragões venciam por 2-1, resultado com que terminaria o encontro.

Veja também: