Desporto

Juventus ganha dérbi de Turim e confirma recuperação na Liga italiana

ALESSANDRO DI MARCO

Esta vitória deixa a Juventus na oitava posição da tabela.

A Juventus saiu este sábado vencedora do dérbi de Turim, impondo-se por 1-0 ao Torino, e continua em maré positiva na Liga italiana de futebol, depois de um arranque de campeonato especialmente fraco.

Manuel Locatelli, emprestado esta época pelo Sassuolo, com opção de compra para a Juve, marcou aos 86 minutos o único golo da partida no estádio olímpico Grande Torino, a passe de Federico Chiesa.

O jogo, da sétima jornada, deixa a Juventus no oitavo posto, com 11 pontos - uma posição já mais próxima do que se espera do mais consistente emblema da última década, em Itália.

Depois do campeonato perdido na última época e da saída de Cristiano Ronaldo, a Juventus teve uma série de resultados desastrosos, mas conseguiu infletir a tendência no último mês, em que contabiliza três vitórias e um empate (com o Milan AC), a nível nacional, e uma vitória na Champions sobre o Chelsea, detentor do troféu.

Em 18.º lugar à quarta jornada, a Juventus é, provisoriamente, oitava, podendo perder alguns lugares, com o desenrolar desta ronda. Para já, iguala Lazio e Atalanta e fica a sete pontos do líder Nápoles, que no domingo joga em Florença.

Em contraste com a exuberância das duas últimas épocas, muito centradas em Cristiano Ronaldo e na personalidade do técnico Andrea Pirlo, a 'Juve' de Massimiliano Allegri é de novo uma equipa menos espetacular, sólida a defender e a aproveitar boas ocasiões para chegar à vitória.

Na primeira parte, os bianconeri já podiam ter marcado, por Moise Kean e Adrien Rabiot, numa fase de alguma pressão, que antecedeu a opção pelo contra-ataque tradicional - a exemplo do que tão bem fez na quarta-feira, contra o Chelsea.

Wojciech Szczesny foi um guarda-redes que transmitiu confiança, numa defesa que anulou as ocasiões do Torino, sobretudo os remates de longe de Tommaso Pobega e Rolando Mandragora.

A primeira ocasião de golo para a Juventus foi um golpe de cabeça de Alex Sandro, aos 53 minutos.

A cinco minutos do fim, apareceu finalmente o golo salvador, com um remate bem colocado de Locatelli, que se mostra cada vez mais essencial na manobra da sua equipa.

Antes desta partida, em jogo da zona de aflitos o Salernitana ganhou por 1-0 ao Génova. Em Salerno, o bósnio Milan Duric fez, aos 66 minutos, o golo que valeu os três pontos à sua equipa.

O Salernitana, que só tinha um ponto à entrada da sétima jornada, passou a lanterna-vermelha da competição ao Cagliari, que na sexta-feira empatou com o Veneza, 1-1.

► Veja mais: