Desporto

Boavista é o primeiro apurado para os quartos de final da Taça da Liga

Boavista é o primeiro apurado para os quartos de final da Taça da Liga
MANUEL FERNANDO ARAÚJO

Os axedrezados beneficiaram do empate de Vitória de Guimarães e BSAD.

O Boavista tornou-se esta quinta-feira a primeira equipa apurada para os quartos de final da Taça da Liga de futebol, ao beneficiar do empate de Vitória de Guimarães e BSAD (2-2), em jogo da segunda jornada do Grupo F.

Depois de vencer Vilafranquense (1-0) e BSAD (3-2), o Boavista tem seis pontos, inalcançáveis para Vitória de Guimarães (dois), Vilafranquense e BSAD, ambos com um.

Em Guimarães, Anderson Silva (14 minutos) e Jota (36) marcaram para equipa da casa, enquanto Danny (29) e Chico Teixeira (45) garantiram o empate para os azuis.

Nos quartos de final, o Boavista vai defrontar o vencedor do Grupo H, neste momento liderado por Académico de Viseu, com cinco pontos, mais três do que Torreense e Tondela, ambos com menos um jogo, e mais quatro do que Famalicão (menos dois jogos) e Estoril Praia (menos um).

Vitória de Guimarães e BSAD empatam por 2-2

O Vitória de Guimarães e a BSAD empataram por 2-2, esta quinta-feira. Os minhotos abriram a contagem num ataque desenhado ao primeiro toque, por Hélder Sá, Janvier e Mikey Johnston até à conclusão de Anderson Silva, em disparo cruzado e rasteiro, mas o protagonista da primeira metade foi o guarda-redes vitoriano, Celton Biai, ao defender um trio de ocasiões claras dos azuis.

O guardião luso-guineense negou o golo a Kikas aos quatro minutos, num lance em que o ponta de lança seguia isolado, e aos 27, num remate em arco que 'sacudiu' para o poste, antes de travar um cabeceamento de Edgar Pacheco, aos 28, e de sofrer o empate, num cabeceamento ao segundo poste de Danny Henriques em que ainda tocou na bola, após canto.

Permeável aos ataques rápidos da BSAD, a equipa anfitriã retomou a iniciativa atacante e colocou-se de novo em vantagem quando Bruno Gaspar cruzou com rigor para o cabeceamento certeiro de Jota Sila, mas a equipa treinada por Nandinho aproveitou uma perda de bola do vitoriano Dani Silva para Chico Teixeira se isolar e desviar fora do alcance de Celton Biai perto do intervalo.

ESTELA SILVA

O jogo mudou de feição na segunda parte, com os 'azuis' a recuarem para a sua área e os vitorianos a circularem a bola no meio-campo adversário em busca de nova vantagem, mas sem sucesso, apesar das ocasiões criadas nos 25 minutos finais.

Rúben Lameiras ameaçou num remate à entrada da área, aos 65 minutos, e André Silva cabeceou em posição privilegiada para defesa de Gonçalo Tabuaço, aos 74, antes de Tounkara falhar de cabeça em posição frontal, aos 89, e do guarda-redes 'azul' se esticar para negar o golo a Rúben Lameiras, aos 90+4 minutos.

Últimas Notícias
Mais Vistos