Economia

Plano da TAP. Ministro queria votação mas Costa diz que é responsabilidade do Governo

Rui Rui fala numa "clara fuga às responsabilidades".

O ministro das Infraestuturas, Pedro Nuno Santos, assume a divergência com o primeiro-ministro, António Costa.

Pedro Nuno Santos queria que o plano de reestruturação da TAP fosse votado no Parlamento. Depois de António Costa o ter desautorizado e dito que seria um erro essa votação, o ministro disse que uma é pena e reafirma que, por ele, o plano entregue em Bruxelas seria apresentado aos partidos e votado pelos deputados.

O líder do PSD, Rui Rio, fala numa "clara fuga do Governo às responsabilidades".

  • 1:45