Economia

Governo vai reunir-se com sindicatos da Groundforce 

JOSÉ SENA GOULÃO

Reunião marcada para quarta-feira.

O Governo tem reuniões marcadas com os sindicatos da Groundforce para esta quarta-feira.

A informação foi relevada pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, na audição parlamentar.

Depois de afirmar que o Governo tem um plano para uma solução para a empresa, o ministro disse que não iria adiantar mais pormenores, porque essa solução será primeiro discutida na quarta-feira com os sindicatos.

Pedro Nuno Santos garante que TAP nada deve à Groundforce

Pedro Nuno Santos defendeu esta terça-feira que é uma injustiça responsabilizar a TAP pela greve dos trabalhadores da Groundforce.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, na intervenção inicial da Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, que estava a decorrer no Parlamento, garantiu que a TAP nada deve à empresa de handling.

"Isto não é uma matéria de discussão, é uma matéria de facto", acrescenta.

A Groundforce tinha acusado a companhia aérea de ter uma dívida de 12 milhões de euros por serviços já prestados.

A TAP está disponível para pagar os subsídios de férias em atraso dos trabalhadores da Groundforce, confirmou o ministro.

"Essa disponibilidade mantém-se e sabemos nós, Governo, que a TAP está a trabalhar uma solução para pagar os subsídios de férias sem que disso dependa a vontade ou aceitação de quem tem o controlo da Groudforce."