Economia

Oficial: TAP vai receber última injeção pública em dezembro deste ano

Oficial: TAP vai receber última injeção pública em dezembro deste ano
Horacio Villalobos/Getty Imagens

Bruxelas proíbe o Governo português de pôr mais um cêntimo que seja no capital da empresa durante os próximos dez anos.

Fonte do Governo confirmou à SIC que em dezembro deste ano a TAP receberá a última injeção pública no capital da TAP, no valor de 990 milhões de euros e tal como previsto no OE 2022.

Será a última tranche de capital público na companhia aérea, perfazendo os 3,2 mil milhões de euros estabelecidos no acordo com a Comissão Europeia que, recorde-se, proíbe o Governo português de por mais um cêntimo que seja no capital da empresa durante os próximos dez anos a contar a partir de janeiro de 2023.

Fontes do Executivo lembram que aquando do anúncio do plano de reestruturação, no ano passado, o Governo referiu que a TAP teria de encontrar um parceiro estratégico porque não pode ficar isolada no mercado altamente competitivo da aviação comercial. Mas a exigência do Executivo para vender parte do capital é que o hub de Lisboa se mantenha, com escala dos voos do Brasil e da África Lusófona na capital portuguesa.

Essa será a condição sine qua non para o Estado português vender uma participação da TAP a um grande grupo privado, o que significa que o grupo onde está a Ibéria não pode ser candidato porque o interesse natural seria desviar o hub para Madrid.

A mesma fonte garante que já há vários interessados europeus. A negociações vão decorrer no próximo ano e por um período de 12 meses como admitiu o primeiro-ministro António Costa no Parlamento.

Últimas Notícias
Mais Vistos