Economia

Como poupar nas compras de produtos frescos

Loading...

Vendedores mostram alternativas às frutas, legumes e peixes mais caros

Nos mercados, os preços também estão constantemente a subir. Os vendedores dizem que a maioria dos clientes não deixa de comprar, mas ajusta as escolhas ao orçamento disponível. Em vez de salmão, leva carapau e em vez de muitas maçãs grandes, leva menos quantidade das mais pequenas.

O salmão está barato. Palavras de Fátima, peixeira no mercado Manuel Firmino em Aveiro. A posta, que já esteve a 16€, está agora a 12€.

Os clientes que procuram estes mercados em vez das grandes superfícies acreditam que, por aqui, legumes e frutas são de melhor qualidade e a preços mais baixos.

Como nem todos conseguem acompanhar a escalada dos preços, quem vende, vai sentindo os clientes mudarem.

Na fruta, também há sempre opção para os orçamentos mais baixos. Os que não conseguem pagar fruta mais robusta podem levar a de calibre pequeno.

Apesar da subida constante de preços nos alimentos, alguns estão esta semana mais baratos. Menos caros, aliás.

Nabiças, grelos ou espinafres, podem ajudar a compor um cabaz para a sopa a preço mais acessível.

Últimas Notícias
Mais Vistos