Eleições Autárquicas

Catarina Martins diz que PRR não chega para responder à crise da habitação 

Coordenadora do Bloco de Esquerda apela ao voto no partido.  

Num comício, em Aveiro, Catarina Martins acusou o Governo de esquecer a promessa feita há 4 anos para a construção de 170 mil casas.

Apenas 26 mil habitações estão previstas no plano de recuperação e resiliência.

"Sabem quantas casas prevê o Programa de Recuperação e Resiliência? 26 mil. Passamos de 170 mil para 26 mil. Enquanto se atiram muitos milhões de propaganda, foi-se retirando no que era mais importante que é o acesso à habitação neste país", afirmou.

Catarina Martins participou esta noite num comício da campanha autárquica no centro de Aveiro, um concelho no qual o partido ficou a cerca de 400 votos de conseguir eleger um vereador em 2017, voltando a candidatar o deputado Nelson Peralta nas eleições de 26 de setembro para conseguir esse objetivo.

Na moldura que compunha uma das laterais do palco podia ler-se "habitação" e foi precisamente sobre este tema que incidiu o discurso da líder do BE, que fez em Aveiro o primeiro apelo ao voto explícito nesta corrida eleitoral.

"Precisamos dessa política nova, é para essa política nova que convido cada um, cada uma. Dia 26 de setembro votar no Bloco de Esquerda é abrir a porta ao direito à habitação", afirmou.

Mais de 9,3 milhões de eleitores podem votar nas eleições autárquicas de 26 de setembro. Quem for às urnas, vai receber três boletins de voto para a Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia.

Leia mais: