Eleições Autárquicas

Chega acusa serviços secretos de criarem grupo para ligar partido aos negacionistas 

André Ventura diz que vai chamar ao Parlamento os responsáveis pela segurança interna.  

O líder do Chega, André Ventura, acusou António Costa de hipocrisia por só falar agora na questão da Galp.

No comício que o Chega fez esta segunda-feira, em Santarém, um dos vice-presidentes do partido, António Tânger Correia, afirmou que os serviços secretos constituíram um grupo para ligar o partido aos negacionistas.

Também o presidente do Chega esclareceu que não é negacionista da covid-19 e que vai chamar ao Parlamento os responsáveis pela segurança interna para saber se existe, de facto, uma tentativa de "incriminar" o partido.

"Não sei se alguém nos quer incriminar ou não. Se for, é muito grave", disse Ventura. "Se isto acontecer é gravíssimo, significa que retrocedemos 50 ou 60 ou 70 anos."

Já o candidato à câmara de Santarém, Pedro Frazão, comparou Ventura a D. Afonso Henriques.

Leia mais: