Eleições Autárquicas

Autárquicas: afluência ao voto até às 16:00 foi de 42%

ANDRÉ KOSTERS / LUSA

O número de votantes permanece abaixo do registado há quatro anos.

A afluência às urnas registada até às 16:00 foi de 42,34% , segundo dados divulgados pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (MAI). Um valor abaixo do registado nas eleições de há quatro anos: em 2017, à mesma hora, tinham votado 44,4% dos eleitores.

O primeiro balanço avançava que 20,94% dos eleitores tinham exercido o direito ao voto até às 12:00, o que representa mais de 1,86 milhões de pessoas. Há quatro anos, no mesmo período, tinham votado 22% dos eleitores.

Mais de 9,3 milhões de portugueses foram chamadas às urnas para eleger os executivos locais das 308 Câmaras e Assembleias Municipais e das 3.091 Assembleias de Freguesia.

De entre os inscritos, 29.814 são estrangeiros, 13.924 dos quais naturais de Estados-membros da União Europeia e 15.890 de países terceiros, nomeadamente Cabo Verde, Brasil, Reino Unido e Venezuela. A estas eleições autárquicas apresentaram-se mais de duas dezenas de partidos e mais de 60 grupos de cidadãos.

Além do voto antecipado para cidadãos detidos, hospitalizados ou noutras situações previstas na lei, os eleitores em confinamento obrigatório por causa da covid-19 ou residentes em estruturas residenciais das quais não devam ausentar-se, devido à pandemia, puderam votar nos dias 21 e 22 de setembro, mediante inscrição prévia.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) estima que tenham sido apresentadas, no total, cerca de 12.370 listas candidatas, das quais cerca de 1.035 são de grupos de cidadãos eleitores.

ESPECIAL ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia