Eleições Autárquicas

Catarina Martins assume derrota do Bloco de Esquerda nas autárquicas 

Líder diz que Bloco de Esquerda não se coliga com a direita.  

Catarina Martins admite a derrota do Bloco de Esquerda nas eleições autárquicas e diz que o partido não está disponível para fazer coligações com a direita.

O Bloco de Esquerda partiu para estas eleições sem câmaras. Parecia não ter muito a perder, mas acabou por ser um dos derrotados da noite eleitoral.

O partido teve menos votos do que em 2017. De 170 mil votos desceu para 137 mil, o que representa menos de 3% no poder local. Tem agora menos mandatos. Dos 12 vereados que tinha, passou a ter apenas quando, mais uma independente apoiada pelo partido.

"O Bloco de Esquerda nestas eleições autárquicas teve um mau resultado. Não aumentámos o número de votos ou de eleitos e conseguimos manter quatro em cada cinco votos o que determinou a perda de vereadores em cenários de polarização em disputas autárquicas", assumiu Catarina Martins.

Com a derrota de Fernando Medina, em Lisboa, o Bloco de Esquerda perdeu também a única vereação com pelouro, fruto do acordo com o PS. Perante o resultado, a coordenadora do partido deixa um aviso a Carlos Moedas:

"O Bloco de Esquerda não faz coligações com a direita."

VEJA AQUI OS RESULTADOS DAS AUTÁRQUICAS 2021

► SAIBA TUDO O QUE SE PASSOU NA NOITE DAS AUTÁRQUICAS

VEJA TAMBÉM: