Eleições Autárquicas

Vitória de Moedas pode ser "balão de oxigénio" para lideranças do PSD e CDS

Rio diz que PSD conquistou todos os objetivos.

A vitória de Carlos Moedas em Lisboa pode ser um balão de oxigénio para as lideranças do PSD e do CDS. Os resultados das autárquicas podem dificultar a vida aos opositores de Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos, com eleições internas marcadas para o início do próximo ano.

O líder do PSD saboreia uma vitória inesperada em Lisboa que, somada à reconquista de outros concelhos-chave como Coimbra, Funchal ou Portalegre, permite a Rui Rio transformar uma derrota eleitoral numa vitória política.

Aponta a meta para as legislativas, sem confirmar o que já parece claro: Rio será recandidato à liderança do PSD.

Moedas abre a porta à mudança de ciclo local e nacional. Rui Rio agradece ficar na fotografia. Mas alguns dos potenciais opositores preferem fazer de conta que Rio não está lá.

No Twitter, Paulo Rangel saúda apenas a vitória de Carlos Moedas e de todos os candidatos, sem exceção. No Facebook, Jorge Moreira da Silva faz o mesmo. Nenhum dos dois refere uma única vez o líder do PSD.

Se avançam ou não na corrida à liderança do partido não confirmam ainda, mas já perceberam que, se o fizerem, terão de ajustar o discurso que teriam preparado antes das autárquicas.

Mark Twain também dizia que sempre que alguém está do lado da maioria é hora de parar e refletir. Nuno Melo nunca esteve, apesar de estar. Agora talvez pare e reflita.

Veja mais:

VEJA AQUI OS RESULTADOS DAS AUTÁRQUICAS 2021