Caso Maddie

Caso Maddie. Suspeito condenado por abuso sexual de criança alemã e de idosa americana

Alemão chegou também a estar duas vezes preso em Portugal.

O alemão suspeito no caso Madeleine McCann pode também estar envolvido no desaparecimento de uma outra criança no Algarve há 24 anos. Este sábado, soube-se também que o homem, que está na na mira dos investigadores, já esteve por duas vezes preso em Portugal.

POLÍCIA BRITÂNICA IDENTIFICA ALEMÃO COMO SUSPEITO FORMAL NO CASO MADDIE MCCANN

A polícia britânica identificou um homem alemão como suspeito formal no desaparecimento de Madeleine McCann, em Portugal, em 2007. O homem de 43 anos está, neste momento, a cumprir pena na Alemanha por outro motivo.

O alemão terá vivido no Algarve várias vezes entre os anos de 1995 e 2007. Segundo registos telefónicos, terá estado na zona da Praia da Luz no dia em a criança inglesa desapareceu. As informações foram divulgadas esta quarta-feira em conferência de imprensa da Scotland Yard.

As autoridades britânicas estão a investigar o desaparecimento numa investigação designada "Operação Grange" e identificaram uma carrinha caravana branca de marca Volkswagen que o suspeito usou para viver e também um automóvel Jaguar ao qual teria acesso.

A polícia identificou também dois números de telemóvel, um usado pelo suspeito e que terá recebido uma chamada entre as 19:32 e 20:02 de 3 de maio na zona da Praia da Luz, e outro que iniciou o telefonema e que poderá ser uma "testemunha altamente significativa".

Veja mais:

  • 2:34