Coronavírus

Família de português com coronavírus retido em navio fala em "negligência"

Família de português com coronavírus retido em navio fala em "negligência"

Português continua a bordo do Diamond Princess, que está atracado no Japão.

Especial Coronavírus

A familia do português infetado com coronavírus fala em negligência e maus-tratos dentro do navio atracado no Japão e exige que sejam apuradas responsabilidades.

No navio de cruzeiro atracado no porto de Yokohama desde o início de fevereiro está um tripulante português, Adriano Maranhão que trabalha no navio de cruzeiro como canalizador.

A esposa Emmanuelle Maranhão denunciou esta manhã à SIC que o marido continua retido na cabine, sozinho e sem saber quando é que pode receber assistência médica. O estado de saúde piorou na última noite ficou com febre.

"Ontem quando falei com ele já o sentia a desistir", desabafa a esposa de Adriano Maranhão que, tal como o resto da tripulação só ao 3.º ou 4.º dia de quarentena é que os tripulantes começaram a usar proteções"

Veja também:

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

  • Governo alarga linhas de crédito. China sem mortes pela primeira vez desde janeiro

    Coronavírus

    A partir de amanhã, o Governo vai ter uma nova linha de crédito de 13 mil milhões de euros para empresas. O anúncio foi feito pelo ministro da Economia depois da reunião com a Concertação Social. A China não registou qualquer morte por Covid-19 nas últimas 24 horas. É a primeira vez que acontece desde janeiro, quando começaram as estatísticas sobre a pandemia do novo coronavírus em Wuhan. Siga aqui ao minuto as últimas informações.

    Direto