Coronavírus

Confirmado primeiro caso de português infetado pelo coronavírus

Kim Kyung Hoon

Trata-se de um homem de 41 anos que faz parte da tripulação do navio Diamond Princess, atracado no Japão.

Especial Coronavírus

O primeiro caso de um português infetado com o coronavírus foi confirmado este sábado. Trata-se de um homem de 41 anos que está a bordo do navio Diamond Princess, atracado no Japão. O cidadão português é natural da Nazaré, distrito de Leiria.

Há mais quatro portugueses a bordo e três macaenses com passaporte português.

Mulher de português infetado indignada

A mulher do português infetado pelo coronavírus queixa-se de falta de acompanhamento por parte do Governo. Emmanuelle Maranhão diz que não sabe o que fazer porque não consegue falar com a Embaixada de Tóquio. Está indignada porque diz que o marido já devia ter sido retirado do navio e que está há mais de 14 horas fechado na cabine.

Ao que a SIC apurou, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já contactou a mulher do português.

Autarca da Nazaré acompanha situação do português infetado pelo coronavírus

Walter Chicharro diz que há dois nazarenos a bordo do Diamond Princess. À SIC, disse que tem conseguido falar com eles através das redes sociais e que está a acompanhar a situação.

Segunda morte por coronavírus em Itália

Foi confirmada a segunda morte por infeção pelo coronavírus Covid-19 em Itália. Ontem foi conhecida a primeira vítima mortal no país onde os cerca de 50 casos confirmados de pessoas infetadas levaram ao encerramento de todos os locais públicos em 10 municípios.

OMS pede ação urgente

A Organização Mundial da Saúde pede uma ação urgente para travar a propagação do novo coronavírus Covid-19. O Governo da Coreia do Sul confirma que o país entrou numa fase mais preocupante e declarou emergência nacional.

A doença continua a espalhar-se pelo mundo. Há já mais de 78 mil infetados em vários países.

Consulte aqui o mapa interativo que mostra a propagação do Covid-19 pelo mundo.

Veja também:

  • DGS admite cordão sanitário no Porto. EUA ultrapassam as 3 mil mortes

    Coronavírus

    A Direção-Geral da Saúde defende que poderá ser necessária a imposição de um cordão sanitário no Porto. A Câmara Municipal está contra a medida e o autarca Rui Moreira diz mesmo que deixa de reconhecer autoridade à diretora-geral da Saúde, caso o cordão avance. Nos Estados Unidos, o número de mortes ultrapassou a barreira dos 3 mil. Há ainda mais de 163 mil infetados. Portugal regista 140 mortes e 6.408 casos de Covid-19. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias