Coronavírus

Dublin cancela desfiles do dia de St. Patrick devido ao novo coronavírus

Hamad I Mohammed

No dia 17 de março.

O governo irlandês decidiu esta segunda-feira cancelar os desfiles do dia do patrono do país, St. Patrick, que comemora no próximo dia 17, em Dublin e noutras cidades, como em Cork, devido ao surto do novo coronavírus.

O comité especial para lidar com o novo coronavírus, presidido pelo primeiro-ministro, Leo Varadkar, anunciou esta segunda-feira esta decisão, depois de analisar um relatório sobre o Covid-19 no país.

O ministro da Saúde, Simon Harris, advertiu que a Irlanda pode enfrentar um "surto do novo coronavírus muito grave", parecido com os de Itália, França ou Alemanha.

Em declarações à RTE, Harris afirmou que "existe um risco moderado a alto" de que o país siga um "padrão de contágio semelhante" a outros países europeus.

"O que temos de fazer, desde o governo até à sociedade, é sobretudo prepararmo-nos e dar apoio aos grupos vulneráveis de pessoas mais velhas e doentes com patologias subjacentes", disse o ministro que também pediu calma e cidadania.

Reconheceu que "muita gente está preocupada" mas lembrou que noutros países "80% dos que contraíram o vírus" não ficaram gravemente afetados, apesar de "alguns" estarem "muito doentes".

A ilha da Irlanda já registou 33 casos infetados de Covid-19, 21 na República da Irlanda e 12 na província britânica da Irlanda do Norte.

St. Patrick é o patrono da Irlanda e o dia é de celebrações religiosas e culturais, que assinalam a chegada do cristianismo a este país e a sua herança, recebendo as cidades centenas de milhares de pessoas todos os anos, nomeadamente turistas.

Veja também:

  • Portugal em silêncio 
    2:21