Coronavírus

Associação de Patinagem de Lisboa suspende competições e torneios

Juan Karita

Decisão tomada como medida de contenção do coronavírus.

A Associação de Patinagem de Lisboa anunciou a suspensão imediata de todas as competições, encontros e torneios como medida de contenção e preventiva face ao Covid-19.

Numa nota publicada na página da entidade na Internet, na terça-feira, a Associação de Patinagem de Lisboa, que integra milhares de praticantes, adianta que decidiu suspender "todas as competições, encontros, testes e torneios até data a indicar, mas nunca anterior a um eventual encerramento da atividade escolar".

A decisão da Associação foi tomada "como medida preventiva e de contenção tendo presente que a saúde de toda a comunidade é um bem maior"

"Face às medidas agora tomadas, recomendamos aos nossos filiados a suspensão de sua atividade desportiva", indica a Associação, acrescentando que vai continuar a acompanhar as recomendações das entidades oficiais, nomeadamente as orientações da Direção-Geral da Saúde.

Coronavírus no Mundo

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.200 mortos.

Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A DGS comunicou também que em Portugal se atingiu um total de 375 casos suspeitos desde o início da epidemia, 83 dos quais ainda a aguardar resultados laboratoriais. Segundo a DGS, há ainda 667 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Por causa da situação, o Governo português decidiu suspender todos os voos para Itália, recomendando também a suspensão de eventos em espaços abertos com mais de 5.000 pessoas.

Ordenou também a suspensão temporária de visitas em hospitais, lares e estabelecimentos prisionais na região Norte, até agora a mais afetada.

Foram também encerrados alguns estabelecimentos de ensino, sobretudo no Norte do País, assim como ginásios, bibliotecas, piscinas e cinemas.

Os residentes nos concelhos de Felgueiras e Lousada, no distrito do Porto, foram aconselhados a evitar deslocações desnecessárias.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 631 mortos e mais de 10.100 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

A quarentena imposta pelo governo italiano ao Norte do País foi alargada a toda a Itália.

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

A Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, criou, em conjunto com outras entidades, um mapa interativo que permite acompanhar a evolução do coronavírus no mundo.

Veja também:

  • Portugal em silêncio 
    2:21