Coronavírus

Coronavírus: Madeira encerra escolas até 13 de abril

Guglielmo Mangiapane

O Governo Regional decretou também o encerramento de todos os estabelecimentos de diversão noturna.

Especial Coronavírus

O Governo Regional decretou esta quinta-feira o encerramento de todos as escolas a partir da próxima segunda-feira e até ao fim das férias da Páscoa, dia 13 de abril.

Num comunicado, o executivo adianta que determinou também o encerramento de todos os estabelecimentos de diversão noturna que movimentem grande número de pessoas, designadamente discotecas, sem precisar até quando.

O Governo Regional, liderado pelo social-democrata Miguel Albuquerque, deliberou ainda a restrição nas visitas aos lares e a outras instituições de acolhimento de pessoas idosas a um familiar direto, referenciado pelas instituições e em horário restrito (das 14:00 às 17:00)

A mesma nota refere que foi decidido o encerramento de centros de dia e de convívio, assim como promover a articulação com a Igreja no sentido da cessação de serviços religiosos que impliquem ajuntamento de pessoas.

O executivo madeirense, de coligação PSD/CDS-PP, suspendeu todos os eventos desportivos, culturais e sociais que impliquem grande aglomerado de pessoas e manter-se-ão condicionadas as visitas, a um familiar devidamente referenciado, aos hospitais e outras unidades de saúde em todo o arquipélago.

"A evolução a nível internacional e nacional leva a que o Governo Regional venha agora acrescentar mais medidas às que têm sido anunciadas nestes últimos dias, corporizando o que já estava planificado e introduzindo novas medidas consoantes os novos cenários, tal e qual já tinha sido sublinhado", refere o comunicado.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados já ultrapassa as 125.000 pessoas, registando-se casos em cerca de 120 países e territórios.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

SIGA AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE O SURTO DE COVID-19

Veja também: