Coronavírus

Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém encerrados

Foto:Fernando Negreira

Pandemia Covid-19 leva Ministro da Cultura a decretar encerramento imediato destes espaços.

Especial Coronavírus

O Ministério da Cultura decretou hoje o "encerramento imediato" do Mosteiro dos Jerónimos, da Torre de Belém e ainda do Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa, para prevenir a propagação do novo coronavírus.


Num comunicado hoje divulgado, o Ministério da Cultura refere que determinou o encerramento dos três espaços "devido ao elevado afluxo e concentração de pessoas no espaço público envolvente e no interior dos mesmos, na sequência das medidas adotadas em Conselho de Ministros em particular no que toca à necessidade de garantir que são seguidas as recomendações da Direção-Geral da Saúde relativas à concentração de pessoas".

Além disso, a tutela deu ainda "orientações à Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) e às direções regionais de Cultura para avaliarem e garantirem em todos os museus, palácios, monumentos e sítios a implementação de todas as recomendações e orientações da Direção-Geral da Saúde e do Governo, no que diz respeito à concentração e afluxo de pessoas e aos planos de contingência relativos ao Covid-19".

Nos últimos dias têm sido vários os espaços culturais que têm encerrado ou suspendido as respetivas programações, depois de o Governo ter recomendado a suspensão de eventos em espaços fechados com mais de mil pessoas e em espaços abertos com mais de cinco mil.

Os números do coronavírus

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados.

Segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), dos 1.308 casos suspeitos, 172 aguardam resultado laboratorial.

Há ainda 5.674 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

O boletim de hoje indica que há 11 cadeias de transmissão ativas, quase o dobro das registadas na quinta-feira.

Dos 112 casos confirmados de Covid-19 em Portugal, 107 estão internados.

Entre os doentes internados estão os casos de um menino com menos de 10 anos e de 15 jovens entre os 10 e os 19 anos.

SIGA AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE O SURTO DE COVID-19

Veja também: