Coronavírus

Banco Europeu de Investimento considera que União Europeia deve apoiar pequenas e médias empresas

Presidente do Banco Europeu de Investimento, Werner Hoyer.

REUTERS

Presidente do BEI enviou uma carta aos ministros das Finanças da União Europeia por causa do impacto do novo coronavírus.

Especial Coronavírus

O presidente do Banco Europeu de Investimento, Werner Hoyer, considera que a União Europeia deve disponibilizar entre 28 e 40 mil milhões de euros para as pequenas e médias empresas.

Na carta enviada este domingo aos ministros das Finanças da União Europeia, Werner Hoyer explica que o impacto económico do encerramento de grande parte das empresas será imediato e generalizado.

Nessa carta, acrescenta ainda que a Europa precisa de responder em conjunto aos danos económicos e financeiros.

Os ministros das Finanças europeus reuniram esta segunda-feira por videoconferência para acordar com sentido de urgência "sem precedentes", medidas que mitiguem o impacto económico do surto do novo coronavírus, que ameaça mergulhar a economia europeia na recessão.

Na sexta-feira, a Comissão Europeia já admitiu como "muito provável" que o crescimento da economia da zona euro e do conjunto da União recue para níveis abaixo de zero este ano, face ao "choque" provocado pelo surto de Covid-19.

"Podemos dizer que é muito provável que o crescimento na zona euro e na União Europeia (UE) como um todo caia para baixo de zero este ano, e potencialmente consideravelmente abaixo de zero", assumiu o responsável máximo da Direção-Geral de Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia.

Veja também: