Coronavírus

IKEA fecha todas as lojas em Portugal

Hannah Mckay

Operação vai ficar limitada à loja online.

Especial Coronavírus

A IKEA Portugal decidiu fechar temporariamente, a partir de quarta-feira, todas as lojas e estúdios de planificação no país, "até nova indicação", garantindo a operação 'online', face ao desenvolvimento da pandemia Covid-19, foi esta teraç-feira anunciado.

"A IKEA Portugal decidiu fechar todas as lojas ao público, garantindo a operação 'online'", indicou, em comunicado, o grupo sueco.

Citada no mesmo documento, a 'country manager' da IKEA Portugal, Helen Duphorn, sublinhou que a saúde e bem-estar dos colaboradores, clientes e parceiros é "a principal prioridade" do grupo.

"Desde o início desta crise que temos vindo a seguir todas as recomendações da DGS [Notes:Direção-Geral da Saúde] e do Governo, avaliando cuidadosamente o melhor para as pessoas e para o negócio em cada fase. Depois de o Governo ter transferido a responsabilidade de fechar lojas para os retalhistas, tomámos imediatamente esta decisão", afirmou Duphorn.

O grupo garantiu que, nas próximas semanas, vai assegurar "a melhor experiência possível para os seus clientes" através do 'site', preparando, em simultâneo, a reabertura das lojas.

A IKEA referiu ainda que vai continuar a monitorizar a situação, bem como as recomendações da DGS, de modo a reabrir as lojas ao público "o mais rápido possível".

Os números da Covid-19

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180 mil pessoas, das quais mais de 7.000 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que na segunda-feira, dia em que se registou a primeira morte no país.

Dos casos confirmados, 242 estão a recuperar em casa e 206 estão internados, 17 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

O boletim divulgado pela DGS assinala 4.030 casos suspeitos até hoje, dos quais 323 aguardavam resultado laboratorial. Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

Veja mais: