Coronavírus

Militares portugueses regressaram do Iraque e vão cumprir quarentena

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, cumprimenta militares durante a cerimónia de receção aos militares portugueses em missão no Iraque, na Base Aérea Nº 6, Montijo, 17 de outubro de 2019.

ANTONIO COTRIM/LUSA

Os 33 militares permanecerão 14 dias em confinamento obrigatório.

Saiba mais...

Os 33 militares que cumpriam serviço militar no Iraque chegaram hoje de manhã a Portugal e vão cumprir 14 dias de "confinamento obrigatório", anunciou hoje o Estado-Maior General das Forças Armadas.

Os militares participavam na operação "Inherent Resolve", como 10ª Força Nacional Destacada no Iraque, que terminava em abril, sendo que o seu regresso antecipado tinha já sido anunciado pelo Ministério da Defesa Nacional (MDN) na passada quinta-feira.

"Os militares foram recebidos na Brigada Mecanizada, em Santa Margarida, pelo Comandante das Forças Terrestres do Exército, Tenente-general Martins Pereira, após terem sido efetuados todos os procedimentos de rastreio sanitário, considerando a atual pandemia por Covid-19", refere o Estado-Maior General das Forças Armadas, em comunicado.

Os militares irão cumprir 14 dias de "confinamento obrigatório", realizando a "auto monitorização diária, como medidas preventivas de propagação do novo coronavírus", acrescenta o comunicado.

Integrados no contingente português no Iraque mas a desempenhar funções no país vizinho Koweit vão manter-se neste teatro de operações dois militares, dado adiantado pelo MDN na semana passada.

Covid-19 já fez mais de 34 mil mortos e quase 730 mil infetados

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 727 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 35 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 142.300 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Espanha ultrapassou hoje a China em número total de infetados com o covid-19, estando apenas atrás dos Estados Unidos e da Itália.

Por outro lado, a Espanha é o segundo país no mundo com maior número de mortes, depois da Itália que tinha no domingo 10.779 vítimas mortais.

Mais 21 mortes e 446 casos de Covid-19 em Portugal

Portugal regista hoje 140 mortes associadas à covid-19, mais 21 do que no domingo, e 6.408 infetados (mais 446), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).