Coronavírus

Bastonário da Ordem dos Médicos diz que a saúde precisa de uma verba como a da TAP

Miguel Guimarães diz que o reforço de 500 milhões pode não ser suficiente para responder às necessidades.

Especial Coronavírus

O Bastonário da Ordem dos Médicos considera que a saúde em Portugal precisa de uma verba semelhante à que o Governo vai injetar na TAP.

O Executivo prevê gastar na saúde 11.700 milhões de euros, um aumento de 504 milhões face à previsão inicial.

Se o período mais crítico parece já ter passado, Miguel Guimarães alerta para os problemas na recuperação dos hospitais, com cirurgias e consultas para retomar, sem esquecer que há ainda uma pandemia à qual é preciso continuar a responder.