Coronavírus

República Checa obriga a uso de máscara dentro de espaços fechados

David W Cerny

Pico de casos de Covid-19.

Especial Coronavírus

O Governo da República Checa vai obrigar ao uso de máscras de proteção dentro dos edifícios em todo o país a partir de quinta-feira, anunciou o ministro da Saúde no Twitter.

"Acordámos com os peritos que vamos introduzir a obrigação do uso de máscara dentro dos edifícios por todo o país", escreveu Adam Vojtech.

A República Checa teve esta terça-feira o maior aumento de casos de infeções com 1.164 em 24 horas.

Os números diários têm estado estabilizados em cerca de 500 neste mês de setembro. O pico em março teve 377 casos. As autoridades checas impuseram imediatamente um confinamento.

América Latina e Caraíbas ultrapassam os 300 mil mortos

A América Latina e Caraíbas ultrapassaram na terça-feira as 300 mil mortes causadas pela covid-19, de acordo com uma contagem da agência de notícias France-Presse (AFP), com base em números oficiais.

O Brasil continua a ser o segundo país do mundo com mais mortos, atrás dos Estados Unidos, com 127.464 óbitos.

Contudo, o destaque vai para o Peru, que superou os 30 mil óbitos no mesmo dia e regista a maior taxa de mortes do mundo em relação ao número de habitantes, com 93,28 mortes por 100 mil habitantes, segundo um 'ranking' publicado pela universidade norte-americana Johns Hopkins.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 893.524 mortos e infetou mais de 27,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Mais 3 mortes e 388 novos casos de Covid-19 em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta terça-feira a existência de 1.846 mortes e 60.895 casos de Covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 1.843 para 1.846, mais 3 do que na segunda-feira. Umas das vítimas mortais residia na região de Lisboa e Vale do Tejo e as outras duas na região Norte.

O número de infetados aumentou de 60.507 para 60.895, mais 388.

Em vigilância permanecem 34.466 contactos, mais 130 do que na segunda-feira.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global