Coronavírus

Mais 4 mortes e 425 casos de Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas

TIAGO PETINGA / LUSA

Último balanço da DGS.

Especial Coronavírus

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta segunda-feira a existência de um total de 1.957 mortes e 74.029 casos de covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 1.953 para 1.957, mais 4 do que no domingo - três registadas na região Norte e 1 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

O número de infetados aumentou de 73.604 para 74.029, mais 425 que no dia de ontem.

Há mais 237 doentes recuperados, totalizando agora 47.884.

Nas últimas 24 horas foram internadas mais 24 pessoas, estando agora hospitalizados 659 doentes. Nos cuidados intensivos estão mais 9, totalizando hoje 98.

Números por região

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 188 novos casos de infeção, contabilizando 37.816 casos e 754 mortes.

A região Norte regista hoje mais 168 novos casos de covid-19, totalizando 26.575 e 884 mortos desde o início da pandemia em março.

Na região Centro registaram-se mais 43 casos, contabilizando no total 6.060 infeções e 262 mortos.

No Alentejo foram registados mais sete casos de covid-19, totalizando 1.494 casos, mantendo-se os 23 mortos anteriormente registados.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 19 casos de infeção, somando 1.600 casos e mantém os 19 mortos já anteriormente contabilizados.

Na Região Autónoma dos Açores não foi registado qualquer novo caso nas últimas 24 horas, somando 267 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira também não registou novos casos, mantendo-se as 217 infeções e sem óbitos até hoje.

Género e faixa etária

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções, com um destaque para a faixa entre os 30 e os 49.

Globalmente, o novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 33.553 homens e 40.476 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 985 eram homens e 972 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

Casos por concelho

O boletim de hoje divulga o número de casos por concelhos, sendo Lisboa o que continua a apresenta mais infeções (6.517), seguido de Sintra (5.441), Loures (3.092) e Amadora (3.038) e Vila Nova de Gaia (2.275).

O concelho de Odivelas regista 2.209 infeções por covid-19, Cascais tem 2.036, o Porto 1.802, Oeiras 1.725, Vila Franca de Xira 1.630 e Matosinhos 1.538.

Mortes em Portugal estão a aumentar e não é apenas devido à covid-19

Mais de 1 milhão de mortos em todo o mundo

Mais de um milhão de mortes provocadas pelo novo coronavírus foram registadas em todo o mundo desde sua deteção na China, de acordo com uma contagem da Agência France-Presse, a partir de fontes oficiais.

No total, 1.000.009 mortes foram oficialmente registadas em todo o mundo, para 33.018.877 casos, às 22:30 de domingo.

A AFP refere ainda que 22.640.048 pessoas foram consideradas curadas pelas autoridades.

Países e regiões mais afetados

As regiões mais afetadas, em termos de número de mortes, são América Latina e Caribe (341.032 mortes para 9.190.683 casos), Europa (229.945 mortes para 5.273.943 casos) e Estados Unidos e Canadá (214.031 mortes para 7.258.663 casos).

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (204.499) e também com mais casos de infeção confirmados (mais de sete milhões).

Seguem-se, em número de mortos, o Brasil, Índia, México e Reino Unido.

A Rússia, com 20.140 mortos, é o quarto país do mundo em número de infetados, depois de EUA, Índia e Brasil, com mais de 1,1 milhões de casos, seguindo-se a Colômbia, com mais de 806 mil casos e 25.296 mortos, e o Peru, com mais de 800 mil casos e 32.142 mortos.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (41.988 mortos, mais de 434 mil casos), seguindo-se Itália (35.835 mortos, mais de 309 mil casos), França (31.727 mortos, mais de 538 mil casos) e Espanha (31.232 mortos, mais de 716 mil casos).

Links úteis

Mapa com os casos a nível global