Coronavírus

Covid-19. Marcelo já desejou as melhoras a Donald Trump

ALEX EDELMAN / POOL

Como "já tinha feito em casos anteriores com outros dirigentes mundiais".

Especial Coronavírus

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, desejou as melhoras ao Presidente norte-americano, Donald Trump, que anunciou esta sexta-feira de madrugada que está infetado com o novo coronavírus.

Questionado pela agência Lusa se contactou o chefe de Estado norte-americano após ter tido conhecimento desta situação, Marcelo Rebelo de Sousa informou que "já desejou as melhoras ao Presidente Donald Trump, tal como, de resto, já tinha feito em casos anteriores com outros dirigentes mundiais".

Donald Trump anunciou esta madrugada na rede social Twitter que estava infetado com o novo coronavírus, assim como a sua mulher, Melania Trump.

"Melania e eu testamos positivo à covid-19. Vamos iniciar imediatamente a quarentena e o processo de recuperação. Iremos ultrapassar isto juntos", escreveu.

Trump tem sintomas semelhantes aos de uma gripe

O médico do Presidente norte-americano, Sean Conley, confirmou depois que os dois estão infetados e que tencionam permanecer dentro da Casa Branca durante a convalescença.

Mais tarde, o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, adiantou que o Presidente tem "sintomas ligeiros" de covid-19, idênticos aos de uma gripe, mas sem especificar quais.

Donald Trump é recandidato à presidência dos Estados Unidos da América nas eleições presidenciais de 03 de novembro, com o apoio do Partido Republicano, e tem como adversário o democrata e antigo vice-presidente norte-americano Joe Biden, com quem teve o primeiro debate a meio desta semana.

Veja também: