Coronavírus

Médicos garantem que Trump “está bem” e que não precisa de oxigénio

J. Scott Applewhite

O Presidente dos Estados Unidos foi hospitalizado por precaução.

Especial Coronavírus

O Presidente dos Estados Unidos “está bem” de saúde e os sintomas da covid-19 estão a melhorar, informou este sábado o médico da Casa Branca, Sean Conley, acompanhado pela equipa médica responsável pela hospitalização de Donald Trump, que foi transportado de helicóptero na noite de sexta-feira para o Centro Médico Militar Nacional Walter Reed por “precaução”.

Hoje, Trump não precisou de oxigénio

A equipa médica informou ainda que os sintomas ligeiros da doença estão a diminuir e que este sábado o Presidente dos Estados Unidos não precisa de apoio para respirar. Uma declaração que lançou a dúvida sobre se Trump necessitou de oxigénio no dia de ontem.

A mensagem de Trump

Já no hospital, este sábado, Trump deixou uma mensagem no Twitter a agradecer à equipa médica que o está a acompanhar e reafirma estar a sentir-se bem, uma garantia que já tinha deixado mais cedo também na rede social.

"Sinto que podia sair daqui e fazer um comício"

Também este sábado, o Presidente norte-americano telefonou ao amigo e advogado Rudy Giuliani para lhe dizer que "vai vencer" o coronavírus.

Trump terá dito a Giuliani no telefonema: "Sinto que podia sair daqui agora mesmo. Dizem-me que pode sempre haver um retrocesso com esta doença, mas sinto que podia sair e fazer um comício".

Trump também terá explicado que continuou a dedicar-se a atividades de alto risco apesar da pandemia, porque é o "presidente dos Estados Unidos".

"Não consigo fechar-me numa sala... Tive de enfrentar (o vírus) para que o povo americano deixasse de ter medo dele para que pudéssemos lidar com ele de forma responsável", terá dito Trump.

De acordo com o jornal, Trump afirmou ainda que esperava que, ao vencer o vírus, "fosse capaz de mostrar às pessoas que podemos lidar com esta doença de forma responsável, mas não devemos ter medo dela".

TRUMP MANTÉM FUNÇÕES OFICIAIS NO HOSPITAL

De acordo com a Casa Branca, a hospitalização é por precaução e Donald Trump ficará na suíte presidencial do hospital, que está equipada para permitir que o Presidente mantenha as suas funções oficiais.

O TRATAMENTO EXPERIMENTAL

O médico da Casa Branca, Sean Conley, explicou que Trump já recebeu um 'cocktail' experimental de anticorpos desenvolvido pelo laboratório Regeneron, que deu resultados preliminares encorajadores em testes clínicos num pequeno número de pacientes.

Em entrevista à SIC, o imunologista Henrique Veiga-Fernandes explica que este tratamento inovador tem dois anticorpos sintetizados em laboratório e que, numa fase muito inicial da doença, melhora a propagação da mesma e bloqueia os vírus de infetar novas células.

TERAPIA QUE TRUMP RECEBEU EVITA COMPLICAÇÕES DA COVID-19

O virologista Pedro Simas explicou, na SIC Notícias, que a terapia de anticorpos que Donald Trump recebeu antes de ser levado para o hospital foi uma medida preventiva.

E adianta que evita complicações graves se for dada numa fase inicial da doença, como aconteceu com Trump.

OBAMA DESEJA RÁPIDAS MELHORAS A TRUMP

O antigo Presidente Barack Obama já desejou as melhoras a Donald Trump e à primeira-dama, Melania Trump.

“Quero começar por dizer que estamos no meio de uma grande luta política. E levamos isso muito a sério. Também queremos enviar as melhoras a Trump e Melania. A Michelle e eu esperamos que eles e todos os outros afetados pela covid-19 no país recebam o tratamento adequado”, disse Obama.

Obama relembra ainda que apesar das tensões políticas, “somos tomos americanos e somos todos humanos”.

Senado americano cancela trabalho legislativo após três casos de covid-19

Os republicados decidiram cancelar todo o trabalho legislativo no Senado americano até 19 de outubro, depois de Donald Trump e três senadores terem sido infetados, foi anunciado já este sábado.

O líder do Senado, o republicano Mitch McConnell, afirmou hoje, que, apesar deste adiamento do trabalho legislativo, as audições para a nomeação de Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal mantêm-se.

Ao longo da semana passada, vários dos políticos que testaram positivo estiveram em eventos em que muito poucas pessoas usaram máscaras, sem assegurar o distanciamento físico.

MÁSCARA DE PROTEÇÃO CONTINUA A NÃO SER OBRIGATÓRIA NA CASA BRANCA

A infeção de Donald Trump tem gerado inumeras reações nos Estados Unidos. Entre os apoiantes do Presidente norte-americanao, há agora quem comece a questionar a postura de Trump em relação à pandemia.

Ainda assim, o uso de máscara continua sem ser obrigatório na Casa Branca.

TRUMP SEMPRE MENOSPREZOU A GRAVIDADE DA COVID-19

Desde o início da pandemia, Donald Trump sempre menosprezou a gravidade da covid-19. Recorde algumas declarações polémicas do presidente norte-americano.