Coronavírus

"Pressão no SNS, nos intensivos e nos profissionais de saúde vai arrastar-se muito tempo"

Entrevista SIC Notícias

Especialista em Saúde Pública Internacional Tiago Correia na Edição da Tarde.

Saiba mais...

Tiago Correia, professor de Saúde Pública Internacional, diz estar preocupado com o Rt, o índice de transmissibilidade, da Covid-19.

Explicou na SIC Notícias que o facto de o Rt estar a desacelerar ligeiramente significa que vamos "manter muitos casos durante várias semanas", o que se traduz em "pressão no Serviço Nacional de Saúde, nos cuidados intensivos e nos profissionais de saúde".

"As pessoas já estão cansadas, saturadas e não vão ter efeitos imediatos. É uma questão de gerir expectativas", afirmou.

Na Edição da Tarde, voltou e lembrar que neste momento os portugueses não devem ter contactos de risco com pessoas fora do agregado familiar.

"Uma coisa é o agregado familiar, as pessoas com quem vivem, outra são os amigos, os familiares mais alargados e os colegas de trabalho. Se as pessoas tivessem percebido isso, possivelmente não teriamos fechado os restaurantes", acrescentou.

Tiago Correia defendeu também que as medidas do governo para conter a transmissão de Covid-19 devem ser definidas em função do risco epidemiológico e dos surtos.

O especialista explicou que se deve ter em atenção as características dos surtos, nomeadamente se representam surtos localizados ou de contágio comunitário.

"O país não justifica medidas tão fragmentadas", considerou.

Veja também:

  • 2:29