Coronavírus

Covid-19. Um Natal diferente por toda a Europa 

António Costa esconde o jogo sobre o plano das festividades, dizendo que é cedo para especulações. 

Especial Coronavírus

O Governo prepara-se para anunciar nas próximas semanas as medidas para travar a propagação da covid-19 durante as festas de Natal e passagem de ano, à semelhança do que acontece com alguns países europeus que já avançaram com um plano de restrições.

Em Espanha, por exemplo, as autoridades propõem recolhimento obrigatório a partir da uma da manhã e reuniões familiares no máximo com seis pessoas.

A Alemanha proibiu as tradicionais feiras natalícias. Hotéis, restaurantes e ginásios permanecem fechados pelo menos até 20 de dezembro. Os ajuntamentos estão limitados a cinco pessoas, sendo que menores de 14 anos não são contabilizados.