Coronavírus

Covid-19. União Europeia exige plano de vacinação com a máxima urgência

É uma operação sem precedentes para fazer chegar as doses de vacinas a cada um dos 27 países.

Saiba mais...

A Comissão Europeia exige que todos os estados-membros preparem um plano nacional de vacinação com a máxima urgência. No documento deverá estar também explicada a logística para armazenamento e distribuição da vacinas contra a Covid-19.

É uma operação sem precedentes para fazer chegar as vacinas a cada um dos 27 países. Ursula Von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, avança que os primeiros cidadãos europeus poderão ser vacinados antes do final de dezembro.

Para cumprir as necessidades dos vários projetos de vacinas, as empresas especializadas em sistemas de refrigeração já estão a aumentar a produção de unidades de frio. A vacina Pfizer, cuja conservação requer temperaturas abaixo dos -70ºC, é a principal preocupação. Alemanha e Itália estão a produzir estes equipamentos e Berlim já deu ordem aos Governos regionais para terem centros de vacinação em meados de dezembro.

Os dois mil milhões de doses de vacinas, fruto de sete acordos da União Europeia com as farmacêuticas, deverão chegar aos 27 países nas próximas semanas. Até lá, é preciso continuar a controlar a pandemia através da imposição de restrições.