Coronavírus

Plano da vacinação para a Covid-19. Cerca de um milhão de pessoas com prioridade

Parecer da comissão ainda é provisório.

Saiba mais...

O plano nacional de vacinação para a Covid-19 ainda não foi aprovado, mas a proposta preliminar está a gerar polémica por deixar para mais tarde a vacinação dos idosos com mais de 75 anos sem doenças.

O Presidente da República já considerou a ideia “tonta” e o primeiro-ministro assegurou que não aceita esse critério.

Os idosos sem doenças e com mais de 75 anos não estão, para já e segundo a proposta da comissão técnica de vacinação, incluídos nos grupos prioritários para a vacina da Covid-19. O parecer não definitivo tem por base as caraterísticas das vacinas e os dados ainda preliminares.

Com amostras muito pequenas relativas à eficácia neste grupo, o coordenador do grupo criado pelo Governo esclarece que se estão a ultimar os detalhes e que a definição dos grupos prioritários deverá ser conhecida na segunda quinzena de dezembro.

A decisão final cabe ao Governo, que garantiu que todos os grupos vulneráveis serão vacinados.