Coronavírus

Dois cafés históricos do Porto fecham num mês

Depois de um ano difícil quase sem turistas, os estabelecimentos não aguentaram as últimas restrições. 

Especial Coronavírus

A crise que atinge o setor da restauração é cada vez mais profunda. No espaço de um mês, fecharam dois cafés históricos da cidade do Porto: o Guarany e o Majestic.

Abriu como café de luxo em dezembro de 1921 e, em quase 100 anos de história, o emblemático Majestic ganhou honras e distinções e tornou-se num local de tertúlia de eleição de escritores e artistas da cidade do Porto.

Quinze dias antes, tinha fechado o também histórico café Guarany, na Avenida dos Aliados.