Coronavírus

Medidas para o Natal conhecidas sábado e passagem de ano com todas as restrições, avisa Costa

Francisco Seco

"É fundamental que as pessoas possam ter uma noção antecipada do que vai ser o Natal", defende o primeiro-ministro.

Especial Coronavírus

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou esta terça-feira que no sábado anunciará as medidas para o Natal "com as melhores condições possíveis", mas avisou desde já que "a passagem do ano vai ter todas as restrições".

"O Governo propôs ao Presidente da República, e o senhor Presidente da República aceitou que desta vez, quando anunciarmos a renovação do estado de emergência, possamos anunciar não só as medidas para a próxima quinzena como as medidas para a quinzena seguinte, ou seja, até 6, 7 de janeiro", revelou António Costa, em entrevista à rádio Observador.


Assim, de acordo com o primeiro-ministro, "é fundamental que as pessoas possam ter uma noção antecipada do que vai ser o Natal", sendo esta semana decisiva para a decisão sobre essas medidas, que irá anunciar no próximo sábado.

"Vamos todos fazer o esforço para podermos ter o Natal com as melhores condições possíveis, mas logo a seguir, há uma coisa que posso antecipar desde já, é que a passagem do ano vai ter todas as restrições porque aí não pode haver qualquer tipo de tolerância", avisou.

OMS pede “extrema cautela” para o Natal

VEJA TAMBÉM: