Coronavírus

Depois de críticas, França vai acelerar e simplificar a vacinação contra a covid-19

POOL New

Anunciou o ministro da Saúde francês.

Especial Coronavírus

França vai acelerar e simplificar a vacinação contra a covid-19 para "velocidade cruzeiro", para se juntar aos parceiros europeus, anunciou esta terça-feira o ministro da Saúde, Olivier Véran, respondendo a críticas à lentidão da campanha de vacinação no país.

"Passámos ontem as 2.000 vacinações, daqui até quinta-feira vamos aumentar bastante e vamos entrar numa curva exponencial [...]. Vamos amplificar, acelerar e simplificar a nossa estratégia de vacinação", garantiu esta manhã o ministro em entrevista à rádio RTL.

O governante enfrenta desde segunda-feira críticas sobre a lentidão da vacinação no país face a outros parceiros europeus, como a Alemanha.

"O ritmo cruzeiro da vacinação vai pôr-nos ao mesmo nível dos nossos vizinhos nos próximos dias", assegurou ainda Olivier Véran.

A França começou por vacinar o pessoal hospitalar em risco e os residentes de lares de idosos. No entanto, o ministro anunciou esta terça-feira que as pessoas com mais de 75 anos que vivam fora dos lares devem começar a ser vacinadas até ao fim de janeiro.

Será ainda possível aos restantes franceses inscrever-se para a vacinação nos próximos dias, podendo mesmo esta inscrição vir a acontecer através da aplicação TousAntiCovid - a aplicação oficial do Governo para lutar contra a pandemia.

Na quinta-feira, Olivier Véran e o primeiro-ministro, Jean Castex, vão dar mais detalhes sobre a estratégia de vacinação numa conferência de imprensa conjunta.