Coronavírus

Aumento de chamadas na linha de Saúde24 deixa utentes sem acesso

Na sexta-feira foi registado o maior número de chamadas num dia de sempre.

Saiba mais...

A linha de Saúde24 bateu um recorde absoluto de chamadas num só dia: 45 mil pessoas contactaram a linha na última sexta-feira. Esta segunda-feira, vários utentes queixaram-se de não conseguirem contactar o apoio telefónico do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O som de chamada e, do outro lado da linha, nenhum dos 5.600 profissionais de saúde contratados está disponível para atender os utentes com sintomas. As gravações foram enviadas à SIC por utentes que tentaram entrar em contacto com a Saúde24.

Vários minutos depois, após uma triagem automática, a gravação aconselha “a que desligue e ligue mais tarde, se pretender continuar a aguardar prima 1”. Mesmo quem opta pela tecla 1, pouco tempo depois a chamada cai. São várias as situações em que os utentes não conseguiram aceder ao serviço da linha de apoio do SNS.

Nas últimas semanas a pressão sobre os serviços tem sido avassaladora. Só na última sexta-feira foram registadas quase 46 mil chamadas, o que representa um recorde absoluto.

Portugal tem, nesta altura, a pior situação do mundo em números de novos infetados por milhão de habitantes e o segundo pior em número de mortes.