Coronavírus

Fecho das escolas sem ensino à distância recebido com surpresa 

Pais com dúvidas sobre encerramento dos estabelecimentos de ensino. 

Saiba mais...

Muitos pais e alunos concordam com o encerramento das escolas como medida para conter a pandemia de covid-19. No entanto, sem o ensino à distância, há quem tema as consequências que a decisão possa ter para o resto do ano letivo.

A opção do Governo em não avançar para o ensino à distância não convence pais e alunos, em particular aqueles que frequentam o 12.º ano, seja no ensino regular ou no profissional.

Para já, serão 15 dias de interrupção letiva, compensados depois nos períodos de férias.

GOVERNO DECIDE FECHAR TODOS OS NÍVEIS DE ENSINO POR 15 DIAS

A reunião do Conselho de Ministros sobre o encerramento das escolas já terminou e a decisão está tomada: todos os níveis de ensino serão fechados pelo período de 15 dias e não haverá aulas à distância.

Todas as escolas serão encerradas pelo período de 15 dias e as faltas dos encarregados de educação ao trabalho serão justificadas. O apoio alimentar a alunos de ação social será assegurado. Creches e ATL fecham e as universidades podem ter de mudar avaliações.

O primeiro-ministro anunciou uma interrupção letiva de 15 dias, que entra em vigor na sexta-feira, que se justifica por um "princípio de precaução" por causa do aumento do número de casos da variante mais contagiosa do SARS-CoV-2, que cresceram de cerca de 8% de prevalência na semana passada para cerca de 20% atualmente.