Coronavírus

PSP deteve cinco pessoas em 24 horas por desrespeito das medidas de confinamento

Nuno Carocha sublinha que no primeiro confinamento se verificava "um muito maior grau de adesão às regras".

Saiba mais...

A operação de fiscalização das medidas de confinamento, realizadas pela PSP nas últimas 24 horas, resultou em cinco detenções. Os dados foram revelados, esta quinta-feira, à SIC pelo porta-voz da PSP.

Uma das detenções resultou do crime desobediência à ordem da autoridade de saúde, outras duas estão relacionadas com o não cumprimento do encerramento de estabelecimentos. As autoridades encerraram também 22 estabelecimentos e levantaram 126 autos.

“A população, quando abordada pela polícia, tem um conhecimento quanto baste da legislação e consegue, na maioria das vezes, justificar o motivo da sua permanência ou deslocação na via pública. Obviamente também nos apercebemos de situações de abuso que prontamente colmatamos. O que aqui está a fazer falta é uma adesão voluntária, convicta por parte da maioria dos cidadãos”, afirma Nuno Carocha.

O porta-voz da PSP sublinha ainda que estes números são “bastante elevados”, principalmente quando comparados com o período de confinamento anterior. “São números que não têm possibilidade de comparação, verificava-se um muito maior grau de adesão às regras por parte da população”.