Coronavírus

Covid-19. Ministra da Saúde deixa apelo para manter “a cautela e as precauções”

Um ano depois do primeiro caso de covid-19 em Portugal, Marta Temido acompanhou António Costa na visita ao hospital Curry Cabral.

Saiba mais...

A ministra da Saúde reconheceu que, nos últimos 12 meses, muito da vida coletiva dos portugueses foi posta à prova.

Numa vista ao hospital Curry Cabral, em Lisboa, na qual acompanhou o primeiro-ministro, Marta Temido apelou a que não se abandonem os cuidados que são precisos para continuar a combater a pandemia.

“Temos de ter capacidade suficiente para manter o equilíbrio, em termos daquilo que é a nossa coragem perante a vida que continua e que queremos viver de uma forma produtiva, feliz e com saúde. E a cautela e as precauções que não podemos abandonar, não podemos deixar de continuar adotar, para termos a vida o mais normal possível e para continuarmos a fruir daquilo que é a nossa existência coletiva que tantas vezes foi posta à prova nos últimos 12 meses”, disse a ministra.

Veja o especial - 1 ano de covid-19 em Portugal