Coronavírus

Desconfinamento em Inglaterra. Número de casos diários de covid-19 pode chegar aos 50.000

Governo britânico acredita na eficácia das vacinas e, por isso, algumas medidas sanitárias serão levantadas a partir do dia 19 de julho.

Saiba mais...

Em plena pandemia, a Inglaterra vai mesmo terminar quase todas as restrições à covid-19 a partir de 19 de julho. Apesar do ministro da Saúde britânico ter avisado que o número de novos casos diários pode chegar a 100.000 durante o verão, o Governo de Boris Johnson está confiante que será capaz de evitar a sobrecarga do Serviço Nacional de Saúde.

Não há um consenso quanto à previsão dos casos positivos de covid-19. O primeiro-ministro britânico aponta para 50.000 daqui a duas semanas. O ministro da Saúde indica 100.000 novos casos diários e um epidemiologista e conselheiro do Governo, acrescenta mais 100.000 casos. Estes número serão a consequência do fim da maioria das restrições em Inglaterra.

"O que nós estamos a ver é um grande enfraquecimento da ligação entre casos e hospitalizações e mortes e isso permite-nos aliviar as restrições." adiantou o ministro da Saúde britânico, Sajid Javid.

Atualmente, o número de pessoas internadas é cerca de dez vezes inferior ao registado em dezembro.

O Governo britânico acredita na eficácia das vacinas e, por isso, algumas restrições e medidas sanitárias serão levantadas a partir do dia 19 de julho.

Além das restrições nas viagens internacionais e do distanciamento social em aeroportos e portos, mantém-se também o isolamento obrigatório para quem testa positivo.

Veja também: