Coronavírus

Covid-19. Marcelo entende que novas medidas são equilibradas

Presidente da República considera ainda que Plano de Recuperação e Resiliência não é o ideal.

Saiba mais...

O Presidente da República diz que as novas medidas de combate à pandemia anunciadas pelo Governo são equilibradas e fazem um "esforço de colagem à realidade". Em Trás-os-Montes, Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se ainda ao Plano de Recuperação e Resiliência do Executivo para dizer que não é o ideal, mas é "o plano que temos".

O mesmo Presidente que diz que tem de aparecer para furar balões antes que encham e rebentem numa crise é também o Presidente que nos últimos tempos tem insuflado dúvidas sobre as relações entre Belém e São Bento.

O Expresso diz esta sexta-feira que Marcelo confidenciou em audiências privadas com empresários ter muitas dúvidas em relação ao Plano de Recuperação e Resiliência do Governo.

Em Trás-os-Montes, para assinalar o centenário do nascimento de Camilo Mendonça, engenheiro agrónomo que revolucionou a agricultura tradicional do nordeste transmontano, Marcelo parece disposto a furar todos os balões que lhe atirarem.

Se há dúvidas sobre as medidas anunciadas esta quinta-feira pelo Governo, o Presidente aplaude e sublinha a sintonia entre Belém e São Bento.

O Presidente adianta que acertou pessoalmente com o primeiro-ministro a data da próxima reunião com especialistas, no Infarmed, a 27 de julho.