Coronavírus

Covid-19. O que esperar da reunião no Infarmed? Peritos deverão propor fim das limitações horárias

Especialistas vão sugerir ao Governo o fim das restrições de horários no comércio e restauração em agosto.

Saiba mais...

O Governo volta a reunir-se com os especialistas esta terça-feira, no Infarmed.

Na última reunião, a 28 de maio, já havia quem dissesse que era preciso mudar a matriz de risco e os indicadores de referência do desconfinamento a pensar nos meses de verão.

Dois meses e uma quarta vaga depois, com metade da população com a vacinação completa, o Governo deverá seguir o conselho dos especialistas e começar a abrir mão de algumas restrições.

Os peritos vão sugerir ao Governo o fim das restrições de horários no comércio e restauração no mês de agosto. Outro dos assuntos que poderá ser discutido, e que o Governo tem empurrado para depois da reunião com os especialistas, é a reabertura de bares e discotecas. Quanto ao uso de máscara deverá manter-se, por agora, até porque o diploma que impõe que tenha de ser usada na rua e em espaços públicos foi prolongado pelo Parlamento até meados de setembro.

Esta semana, e depois do encontro com os especialistas, o Governo vai definir as novas regras face à evolução da pandemia e sobretudo, considerando a vacinação.

“Há espaço para passarmos a uma fase de maior alívio"

O matemático Carlos Antunes diz que o pico da quarta vaga de covid-19 foi atingido na semana passada e que a pandemia em Portugal está agora numa fase descendente.

Em entrevista à SIC Notícias, o especialista revelou que já há espaço para aliviar as restrições.

“Há espaço para acomodar uma outra realidade e passarmos a uma fase de maior alívio em termos de restrições quer de horários quer de atividades”, disse Carlos Antunes.

O matemático sublinhou ainda que é necessário continuar “sempre a vigiar muito de perto os indicadores” da pandemia.

Veja também: