Eleições nos EUA

Eleições nos EUA. Herdeiros de Trump fazem campanha pelo pai na reta final

Já foram vistos cartazes de apoio a eventuais candidaturas dos filhos de Donald Trump.

Na reta final da campanha às eleições presidenciais, os filhos de Donald Trump fizeram campanha pelo pai. Participaram em dezenas de eventos de apoio ao candidato republicano nas últimas semanas.

Ivanka Trump, a terceira filha mais velha, é uma das herdeiras mais mediáticas. Desde que se tornou conselheira do pai, abandonou a gestão da empresa de moda que fundou e que acabou por encerrar.

Com 38 anos, tem sido uma presença assídua em comícios e nas cerimónias oficiais. Há dois anos chegou a ocupar a cadeira destinada a Donald Trump durante uma cimeira G20.

A empresária equipara o socialismo ao comunismo e, tal como o pai ou o irmão mais velho, procura associar Joe Biden à extrema-esquerda.

Com milhares de seguidores na internet, os herdeiros de Donald Trump procuram captar diferentes franjas do eleitorado.

Ivanka Trump apela ao voto das mulheres, enquanto os dois irmaos mais velhos tentam capitalizar a simpatia da extrema-direita.

O filho mais velho do Presidente, Donald Trump Jr., é muito ativo nas redes sociais. Chegou a ser banido da rede social Twitter por partilhar informação falsa sobre a pandemia. Já no Instagram, usou uma publicação para insinuar que Joe Bidem é pedófilo.

Quarta de cinco filhos, Tiffany Trump tem mais de um milhao seguidores no instagram. Aos 27 anos, fala diretamente às minorias e ao eleitorado mais jovem.

Dos 5 filhos de Trump, apenas o mais novo está arredado da campanha.

Em vários eventos do partido republicano, já foram vistos cartazes de apoio a uma eventual candidatura de Ivanka e do filho mais velho do presidente.

Veja também: